Pedidos de Oração
   Entre em contato
Neo Professos
Na simplicidade do meu coração, alegre vos dei tudo aquilo que tenho.” (1Cr 29,17) 
 
 
Publicado em 15 de Fevereiro de 2017
 

 
No último dia 18 de fevereiro, o Instituto dos Servos da Divina Misericórdia teve a alegria de acolher em sua comunidade de religiosos professos os noviços: Irmão Francisco Pio da Misericórdia, Irmão Maximiliano da Imaculada e Irmão Rafael da Virgem de Fátima. Escolhido como lema: "Eis aí tua mãe" (Jo 19, 27), os neo professos iniciam o Ano Mariano sob a proteção da Santíssima Virgem Maria, que ensinou-os a repetir em cada momento de suas vidas: Na simplicidade do meu coração, alegre vos dei tudo aquilo que tenho.” (1Cr 29,17). Alegremo-nos todos e nos comprometamos a rezar por estes nossos irmãos, que tão generosamente doam as suas vidas por amor a Cristo e a sua Igreja.
 
 Conheça os nossos irmãos que acabaram de professar os votos:
 
 
 
       
      
 
 
 
     
 
       "Posso dizer que senti o meu chamado muito cedo, aos sete anos de idade, quando participava de um movimento chamado Infância Missionaria, na capela Sagrada Família, em Piraquara. Sob o impulso e o auxilio de padre Lotário Welter, In memoriam, conheci a vida diocesana, mas algo me dizia que a minha vocação era à vida religiosa. E depois de muito discernimento, no ano de 2011, conheci os Servos da Divina Misericórdia. No dia 06 de agosto de 2015 ingressei no postulado do Instituto. Com muita alegria professo meus primeiros votos, peço vossas orações, pois embora haja muitas dificuldades, vale muito a pena."

 

Ir. Maximiliano da Imaculada, SDM.

     
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
  
 
 
 
 
 
 
 
            "Eu, Ir. Francisco Pio da Misericórdia, SDM, nasci em Fazenda Rio Grande – PR, no dia 18 de fevereiro de 1999. Sim, 1999! Uma vocação bem jovem como muitos podem ver. Penso que Deus, conhecendo tão bem minhas fraquezas e misérias, dignou-se fazer este favor a mim de tirar-me o quanto antes do meio do mundo para poder servi-Lo e dedicar-me a amá-Lo com perfeição, como exige o estado religioso ao qual abraçamos pelos conselhos evangélicos de castidade, pobreza e obediência.

Peço a oração de todos para que possa ser fiel ao chamado que Deus me faz, à exemplo de Maria Santíssima; para que possa, segundo o carisma de nosso Instituto, “ser um reflexo vivo da Misericórdia divina de tal modo que ela se derrame do meu coração e da minha alma sobre o próximo”, e, assim, realizar aquela primeira tarefa confiada à Vida Consagrada: “tornar visíveis as maravilhas que Deus realiza na frágil humanidade das pessoas chamadas".

  
Ir. Francisco Pio da Misericórdia, SDM
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
       
 
 
  
 
 
 
        
 
    "A exemplo dos santos da Igreja, minha vocação tem uma íntima relação com Maria, e sei que se até hoje persevero é graças a intercessão da mãezinha do céu, que permite que este seu miserável filho se refugie no seu Imaculado Coração. É no Sagrado Coração do seu Filho amado que encontro toda a força para ter fé, esperança e caridade, para viver a radicalidade do Evangelho no seguimento de Cristo, e a exemplo de Maria, na simplicidade do coração, alegre dar tudo aquilo que tenho a Jesus."
 

Ir. Rafael da Virgem de Fátima, SDM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Profissão Religiosa

 

 

  

 

  

 

 

 

 

 

(Fotos: Geovana Bento)

Sobre nós
 
O Espírito Santo, que renova a face da terra, torna os membros desta Família atentos aos sinais dos tempos e os faz reconhecer no Culto e na Devoção à Divina Misericórdia um dom proveniente do Céu, em graus de curar radicalmente os males que insidiam o homem, sobretudo quando este sofre, quando é ameaçado no próprio coração da sua existência e da sua dignidade (cf. DM 2).
Faça contato
 
  (41) 3608 - 2556
  (41) 3608 - 2556
  R. Seringueira , Número 609, Fazenda Rio Grande/PR
Encontre-nos
 
 
Home   •   Ir para cima   •   Sitemap
Facebook Twitter Google+ Google Pinterest LinkedIn Email Addthis
© Todos os direitos reservados ao proprietário da marca.
 
ARQUIVO CRÉDITOS NÃO ESTÁ ABRINDO, ESTÁ COM ERRO OU NÃO POSSUI A ASSINATURA.